segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Resenha de Claro que te amo! por Tamires


Piera tem 19 anos, pode até parecer pouco, mas ela já carrega uma boa bagagem de magoa e emoção. Agora mesmo ela esta passando por um momento tenso, pois o ex-namorado acabou com o relacionamento de 6 anos; como se tudo isso não bastasse, ela resolve ir ao casamento dele (se imaginando no lugar da noiva, andando pela igreja até chegar aos braços do noivo…), ela esta no fundo do poço.

Relatando os fatos ocorridos para suas amigas Drê, Denise e Renata, a ultima à questionou quanto ao seguinte fato :
- Amiga, será que você está mesmo sofrendo pelo André? Ou seria por você?
- Não é a mesma coisa?
- Não! Respondeu Renata. Sofrer pelo André é sofrer por ele, por causa dele, por que o perdeu. Sofrer por você é porque ta achando que a sua vida parou, enquanto a do idiota andou ou que ele não poderia casar antes de você. (Pg. 14/15)
Para ajudar, sua mãe, que a abandonou quando era apenas um bebe, está de volta; mesmo com tudo que ela sofreu, vai ao encontro da mãe em uma clinica. Chegando lá, ela conhece Marcelo, um estudante de medicina (lindo, rico e possui lindos olhos azuis esverdeados) que administra a clinica do pai.

- Ela é tão linda como a mãe se me permite dizer.
Ah meu pai permitia sim, ai dele, se não permitisse ... Quando dei por mim estava ali parada naquele olhar verde-azul e um sorriso e um sorriso perfeito de dentes brancos e uma pele morena. Ele me encantava com sua beleza e comecei a pensar que ter ido aquela clinica foi a melhor coisa que tinha me acontecido nos últimos tempos. (pg. 71/72)

Quem espera sempre é recompensado; as coisas vão melhorando aos poucos, um novo amor vai surgindo, tudo esta perfeito, mas infelizmente nessa vida nada é perfeito e a Piera é um pouco insegura; seus medos logo vem à tona e, para “ajudar”, o ex volta para a história…

Outra coisa super legal foi que o livro mostra é o caso dos projetos sociais, no caso a Piera e o pai dela sempre estiveram envolvidos nesses projetos e ela até levou o Marcelo para conhecer e ajudar (achei isso bem interessante, pois raramente lemos sobre isso nos livros).

A diagramação do livro é linda, as paginas são maravilhosas com desenhos de flores nos cantos, a capa também é muito fofa e acredito que só a imagem já seria capaz de chamar a atenção do leitor.

Enfim, gostei do livro, pois é justamente aquela “Sessão da Tarde” que eu adoro. Um romance divertido com personagens bem elaborados e carismáticos. Se você é como eu e gosta desse estilo, eu recomendo esse livro.

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©