domingo, 22 de janeiro de 2012

Resenha premiada Chantilly

Um diário foi escrito. Catherine Aragon, numa atitude desesperada, escreve suas recordações em busca de socorro. Somente dez anos depois suas palavras foram ouvidas por um renomado cientista. Ethan Stuart, um homem com pouco carisma, toma as rédeas da situação para tentar ajudá-la. Ele contará com a ajuda de personagens suspeitos: o exótico Leon Saiter, um alcoólatra sem muita perspectiva, que arriscará a própria vida para obter êxito na resolução do caso, e a interessante Anabelle, que vive um dilema dentro de si onde questionará suas verdades e seus valores. A tríade investigadora conclui a soma dos catetos, tornando Chantilly um dos desafios mais intrigantes do seu viver. Mergulhe nesta aventura, em um ambiente noir, repleta de mistérios a serem desvendados numa cidade onde as pessoas perderam as lembranças.

Esse é o primeiro livro de uma trilogia, conta a história de Catherine, uma mulher que sabe que algo MUITO errado acontece em Chantilly (onde ela reside) porque de repente as pessoas começam a perder a memória, como ela, e está tudo virando um caos. Sua solução escrever uma espécie de diário que servirá para ela relembrar o que passou ou para que quem o encontre fiquei sabendo do ocorrido. Não sei como essas escritas vão parar nas mãos da esposa de Ethan Stuart, um historiador, e ela acaba passando a missão de encontrar uma solução ao marido após ser morta.
Essa trama envolve experimentos do governo, uma espiã que dá literalmente tudo pela missão e um beberão que só quer curtir a vida e voltar a lembrar do passado. Inicia de forma epistolar, mas depois de alguns capítulos começa uma narrativa em terceira pessoa mudando o foco da narrativa de Leon Saiter, o nosso beberão, para Ethan e até algumas pequenas partes pela nossa misteriosa e encantadora Belle.
O livro tem um vocabulário bem fácil de compreender e é muito bem amarrado, não é atoa que foi escolhido como livro paradidático em uma escola, o final é intrigante e aguça nossa curiosidade pelo segundo volume. A obra revela um talento incrível para compor tramas e fazer a história não ser “sacada” desde o começo porque eu tinha MUITAS teorias que foram quebradas no livro e isso me deixou muito feliz, é uma obra imprevisível e muito boa, li em apenas um dia e já penso em relê-la para ver se não pesco algo para o próximo volume enquanto esse não vem.
Outro detalhe ótimo nesse livro é um Making off da obra no final onde a autora explica detalhes sobre como queria que o livro fosse, o que aconteceu para ele ser o que é e detalhes sobre a criação das personagens, uma coisa que é muito legal porque todos pensamos em como os autores criaram as personagens assim, porque optaram por uma narrativa em detrimento de outra e etc e Mare abre o jogo todo com o leitor e isso torna o livro ainda mais interessante (confesso que li essa parte antes de começar a obra), também torna a escritora mais perto familiar, como se ela estivesse compartilhando um grande segredo com seu leitor. Com uma trama que prende o leitor em suas páginas, Chantilly se revelou para mim um ótimo livro, porque confesso que pensava que ele era um romance doce como Chantilly, mas estava redondamente enganada, ele é um mistério MARAVILHOSO.
ALTAMENTE RECOMENDADO.


Mais sobre a escritora:


Mare Soares nasceu no Rio de Janeiro em Setembro de 1991. É graduanda de Mídia na Universidade Federal Fluminense e ex-estudante de letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Amante de livros, seriados e filmes Hollywoodianos, não necessariamente nessa ordem, iniciou a carreira como escritora em 2010, ao publicar o primeiro título de sua trilogia, Chantilly, de forma independente.
Suas principais influências são: o cineasta Woody Allen, filmes noir, preferencialmente com a Rita Hayworth, o seriado Lost e autores como George Orwell, Aldous Huxley e Jostein Gaarder.
Atualmente está trabalhando em Copenhague, segundo volume da trilogia Chantilly e possui vários outros projetos em mente.  (Retirado do site da autora)
 Site da escritora: http://maresoares.com.br/
Onde posso adquirir o livro, pela maravilhosa promo de 20,00 por 8,00 com frete você pode comprar o livro aqui.
Promoção encerrada, resultado dia 9/2.
Quer marcador de Chantilly? Simples comente aqui em baixo, vou sortear quando chegar a 10 comentários. São dois kits de marcadores, ambos com um marcador de Chantilly e mais 9 marcadores diferentes.
Beijos
Susana Weiss

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©