sexta-feira, 20 de abril de 2012

Resenha de Garota Replay por Tamires


    


Título: Garota Replay
Autora: Tammy Luciano
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630076
Ano: 2012
Páginas: 144
Thizi é uma garota do bem, apaixonada pela vida. Mas, após uma madrugada trágica, sente que tudo à sua volta desmorona. Descobre que Tadeu, seu namorado, beijou uma garota em uma noitada e quebrou o nariz de Tito, melhor amigo de Thizi, quando soube que ele fotografou a prova da traição. Na mesma noite, Tadeu dirigiu bêbado e causou grave acidente, que deixou o amigo Gabiru em coma. Em meio a tanta decepção, Thizi encontra uma Replay de si mesma, uma igual. Agora, não mais a única do planeta, ela se sente a pessoa mais solitária do mundo e precisa entender que só o amor tem o poder de provocar as melhores mudanças. Garota Replay trará reflexões para desvendar os segredos da vida de Thizi. E da sua também...SKOOB

Thizi possui uma vida boa, tem 20 anos é linda e popular mora na Barra da Tijuca, sua família é composta principalmente pela empregada Nil, pois seus pais vivem viajando pelo mundo. Sua vida perfeita desmorona no momento em que descobre que seu namorado Tadeu a traiu (os amigos já tinham avisado, mas ela nunca acreditou neles). Para que ela acreditasse Tito, que é seu melhor amigo, pegou Tadeu em fragrante tirando uma foto com o celular para provar que estava dizendo a verdade. Tadeu descobriu que foi Tito que tirou a foto e quebrou o nariz do coitadinho, na mesma boate em que a foto foi tirada. Nessas alturas, Tadeu já estava bêbado e sofreu um acidente de carro quando estava indo pra casa e foi parar no hospital (nessa noite aconteceu de tudo e foi uma confusão). Neste momento de “desanimo”, ela para e começa a repensar sua vida. Em uma tentativa para fugir desta confusão e da “fofoca”, decide sair para se divertir e de repente, enquanto ela estava dançando na pista, vê outra garota que é igual a ela. Nesse momento todo tipo de coisa estranha passou por sua cabeça (uma irmã gêmea perdida, alucinações, fantasmas, etc.). Quando o “clone” vai ao banheiro, Thizi não consegue se controlar e vai atrás. Lá, a garota olha pra ela e começa a insultá-la, chamando-a de idiota. Após vários encontros acidentais com a sua “copia” finalmente ela descobre quem é a “outra”.

No meio de toda essa confusão, Thizi começou a questionar seus sentimentos por aquela pessoa que sempre esteve ao seu lado nos momentos mais importantes de sua vida, mas que ela nunca imaginou que pudesse ser outra coisa além de seu grande amigo.

“Ríamos tanto juntos... Enquanto Tito dirigia, lembrei de Beta me dizendo:-Tito é um príncipe perfeito, mas você cismou de namorar o sapo.” [Pág. 68] “Adiei um amor com medo de ser tão bom que pareceria ruim e aceitei namorar um cara que não gostava de mim pela felicidade de manter uma relação superficial e com pouca ternura. Como somos capazes de traçar pequenas infelicidades por puro medo do gigantismo das enormes alegrias...” [Pág. 94]

É claro que as coisas não seriam tão fáceis assim, pois Tito está aos poucos se afastando de Thizi e, para complicar ainda mais, o “clone” entra em cena disposta a mudar o ruma da história.

Confesso a vocês que o início do livro não me agradou, Thizi não era o tipo de personagem carismática que conquista o leitor desde as primeiras linhas, mas conforme a história foi evoluindo e tomando um rumo totalmente diferente, o leitor passa a ansiar por saber o que vai acontecer no próximo capítulo e, como o livro não é muito grande, logo vai chegando o fim e com ele um final sensacional, pois eu nunca imaginei qual seria o mistério da Garota Replay, que, é claro, eu não vou contar para vocês.

A autora está de parabéns pelo livro. Achei engraçado o fato de ela ter preferência pela letra “T” no momento em que escolheu o nome de seus personagens (Thizi,Tito,Tadeu) e, pelo seu próprio nome ser Tammy e o meu Tamires, vamos dizer que este é o livro das “T”. A editora está de Parabéns, pois este foi um dos poucos livros que li onde a capa condiz com a descrição dos personagens e do cenário.

Tamires.

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©