sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Resenha Teia Virtual



A Internet é realmente um dos maiores veículos de comunicação já criados na atualidade. Nela podemos ser o que queremos, fugindo assim do mundo real, criando um mundo paralelo, onde figuramos de anjos a demônios, podendo até alimentar o ódio de não ser aceito pela sociedade no mundo real. Assim começa a elaboração de uma teia nociva, permissiva e a falsa impressão de se conseguir tudo o que se quer, pela lei do menor esforço. Pessoas emocionalmente vulneráveis, de alma fraca, que transitam do mundo real ao virtual, na busca das soluções para seus problemas ou do sucesso pessoal, como, por exemplo, ser bem sucedida, como a invejada prima, sem nenhum esforço, acabar com a depressão, por ser um astro de rock e não saber lidar com o sucesso e a fama, ou alcançar a felicidade, estabilidade financeira e ser aceito como homossexual, no seio de uma família com valores que não aceitam esse comportamento, ou até mesmo, indo mais além, aos olhos da crença de uma ex –atleta, a palavra de Deus é distorcida e usada para se libertar e “libertar” a alma do seu marido, onde, na verdade só há o desejo de vingança. Afinal, a indução ao ódio é possível? Devemos ou não libertar os nossos demônios? Tudo é possível, quando se deixa cair e se prender a uma TEIA VIRTUAL doentia criada por um ser humano com uma inteligência fora do comum, mas renegado pela sociedade. SKOOB

O livro conta a história do promotor Alexandre e sua relação com seu irmão e sua ex namorada, tudo ia de mal a pior na vida pessoal do promotor até que assassinatos de fácil resolução começam a aparecer e uma trama maquiavélica é descoberta junto a casos considerados resolvidos.
Esse livro se mostrou ser muito interessante, é um thriller policial onde temos um serial killer, uma advogada, uma repórter e um promotor investigando e tentando provar a participação do serial nos crimes.
A linguagem é fácil de assimilar sem usar um vocabulário rebuscado e a história é bem amarrada e bem contada de forma bem verossímil o que torna a história muito interessante de se ler e super viciante fiquei muito interessada pelo vilão, pois nunca antes tinha lido nada envolvendo um vilão como é o Anjo da morte e falo não apenas de seu biótipo diferente como também pela sua biografia.
Esse livro também pode ser levado como um alerta sobre o mundo virtual e as armadilhas que ele tem prontas as pessoas em momentos complicados caírem e cometerem besteiras. Confesso que acabei simpatizando com o serial, não sei por que, mas acabei entendendo sua dor e até os motivos pelos quais ele ficou louco.
Recomendo a leitura dessa obra. 




Sobre o Autor: 



Carlos Eduardo Rodrigues Bonito reside em Praia Grande onde faz parte da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande ocupando o cargo de relações publicas. Faz parte da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências do interior do RJ ,sua primeira obra publicada saiu em uma antologia com o nome de Diversos a poesia se chama Andarilho do Destino pela editora Andross. Os concursos que participou foram:loja Rosa Cruz Santos AMORC ficando em 4º lugar com a poesia cujo tema era primavera,Editora Guemanise ficando em uma boa colocação e Mapa Cultural de 2009. Suas ultimas publicações antológicas foram: Antologia P.O.E.M.A.S pela Editora D.Mattos ,Antologia Coração do Poeta organizada pelo jornalista Marcelo Puglia , Antologia da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande lançada pela Editora Folha da Baixada e Antologia de Contos Folhas de Espantos lançado pela Editora Don Munoz , Antologia O Grimoire dos Vampiros lançado pela Editora Literata e Antologia UFO –Contos não identificados pela Editora Literata .Escreveu seu primeiro romance em parceria com uma escritora de Jaú chama-se Vidas Noturnas um romance erótico que teve uma boa aceitação no meio literário sendo ate vendido para fora do Brasil.Escreveu para uma revista eletrônica Sinceridade do RJ e no Jornal Folha da Baixada ,trabalhou como editor pela Editora Folha da Baixada e Editora Dom Munoz , escreve em diversos sites literários . Seu segundo livro o romance Teia Virtual foi lançado pela Editora literata. Adaptou e roteirizou o livro Cortina de Fumaça da Escritora Sayonara Farias para curta metragem a ser lançado agora em 2010.Atualmente possui a sua própria editora a Literata onde organiza antologias editando e divulgando trabalhos de escritores pelo Brasil e fora do pais.

Site para adquirir a obra AQUI.


Beijos
Susana Weiss

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©