quarta-feira, 25 de julho de 2012

Resenha de minha Cinderela Interior


Olá
Essa resenha é parte da Booktour de Minha cinderela Interior.

"Laura, mesmo com dezenove anos, não tem certeza se é adulta ou adolescente e também não costuma dar muito crédito a sua voz interior, que insiste em lhe dizer que é bonita, desejável, mesmo sendo gordinha, e que tem tantas chances de namorar um garoto interessante como qualquer outra moça a sua volta. Grita para si mesma um: “Acorda Cinderela!” ao menor sinal de estar dando ouvido a esse seu lado mais sonhador. Na verdade, sufoca-o com medo de machucar-se mais uma vez e, sem criar muitas expectativas, até acredita que poderá encontrar alguém legal para compartilhar seu dia a dia. De repente tudo está fora do lugar! Victor entra em sua vida sem pedir licença. Ele tem um sorriso lindo, é inteligente, envolvente e completamente... louco! Laura deveria ter corrido quando ele declarou ser mandão, possessivo e controlador, mas ela até achou aquilo “lindo”. Só que agora, mesmo percebendo que seu passado guarda ainda mais segredos, ela não tem como fugir, pois já está completamente apaixonada!" SKOOB

Laura é uma moça que joga no meu time, o time das gordinhas, e ela tem a autoestima um tanto quanto baixa por isso. Nossa mocinha é estudante de administração, secretária de uma espécie de clinica médica odontológica e filha de um casal separado.

Ela é acostumada a ser sozinha e isso tudo muda quando, pela porta da clinica, entra o homem mais lindo da faculdade onde ela estuda. Victor é alto, confiante, lindo, envolvente. Ou seja, o tipo de homem que NUNCA olharia para uma mulher do meu time, só que Victor olha e, mais do que isso, se apaixona perdidamente pela nossa 'fofulete'. Seria lindo, se não fossem alguns detalhes: ele é possessivo, mandão e controlador. E como todo o homem lindo com um fofucha, tem algumas mal amadas ao redor querendo ele e, por conta disso, atacando a nossa Laurinha.

Eu li o livro em um dia apenas, porque fiquei ansiosa para saber o que acontecia com eles e torcendo muito: horas acreditando nas histórias contra Victor, horas a favor dele. Minha sanidade foi posta a prova lendo esse livro para saber discernir o que poderia ser verdade e o que não poderia. Confesso que eu não ia conseguir ter uma relação com ele, porque a controladora e mandona aqui sou eu (o Pedro tadinho que o diga), mas com ela tudo se encaixa como uma luva.

Só que como nada é perfeito: nosso Victor tem o estranho habito de seguir Laura (já o praticava desde antes de conhece-la) e também tem alguns problemas com sua ex, que parecem que deixam até a mãe do cara com o pé atras em relação ao filho.

A narrativa é envolvente, a ponto de você não larga-la até concluir. As personagens são cativantes e Laura é uma mulher real, com dúvidas, sonhos, anseios e tudo mais, exatamente igual a todas nós. A obra é narrada em primeira pessoa no ponto de vista da nossa Laura, que nos mostra todas as etapas desde a descrença da possibilidade do amor até a aceitação, as dúvidas e tudo o mais a gente começa a simpatizar com ela e até dar conselhos.

Graziella está de parabéns e, apesar do livro parecer ser uma história fechada, creio que o público gostaria de ver mais desse atrapalhado e caliente casal. Esqueci-me de mencionar o livro é para maiores de idade pois ele é BEM picante e tem MUITO sexo do tipo selvagem, mas também a relação dos dois tem muita ternura e uma pitada de loucura.

Se você é maior de idade e está atrás de uma literatura envolvente e que te faça correr o risco de amar e querer mais desesperadamente, esse é o livro.

Beijos,
Susana

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©