quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Resenha A Maldição do Tigre e Novidade!


Olá
Primeiro a NOVIDADE:
Hoje vou apresentar uma amiga que vai aparecer aqui algumas vezes a Tamires!
Ela ADORA romances mais românticos do que eu o que eu leio, por isso eu a convidei a escrever sobre esses livros mais fofinhos e dividir com vocês.
Então bem vida a esse bloguinho!


A Maldição do Tigre

Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor? Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.


Fazia muito tempo que não me empolgava tanto com um livro. Sabe aquelas historias que você quer devorar em um só dia? Que a cada pagina acontece uma coisa nova e inesperada. Pois é, comigo, foi assim. Já conhecia um pouco da historia antes do livro ser lançado aqui no Brasil, pois uma amiga o comprou em inglês e já tinha me comentado sobre a história, mas confesso que não esperava que fosse me apaixonar tanto pela historia de Kelsey e Ren.
Nos primeiros capítulos conhecemos a historia dos dois príncipes (Ren e Kishan) e como Kishan traiu Ren para poder ficar com Yesubai que na época estava noiva de Ren e de como ambos os príncipes foram amaldiçoados pelo pai de Yesubai (que desejava a morte dos príncipes para que ele mesmo pudesse se tornar o rei). Com a maldição — ambos se transformaram em tigres, Ren em um tigre branco e Kishan em um tigre negro — depois de amaldiçoados, a cada 24 horas eles podiam se transformar em humanos por 24 minutos. Por mais de 200 anos viveram na floresta até que um dia nosso protagonista Ren foi capturado e vendido para um circo e, com o tempo, perdeu a capacidade de se transformar em homem. A seguir conhecemos a historia de Kelsey que perdeu os pais num acidente e que mora com uma família adotiva e que está procurando emprego para juntar dinheiro e poder pagar sua faculdade. O desenrolar da história inicia quando a protagonista Kelsey inicia seu novo emprego em um circo e logo se sente atraída para a jaula do tigre. A partir deste momento Kelsey se sente ligada a Ren, logo fica claro que essa conexão que existe entre eles é a chave para quebrar a maldição, pois só com a presença dela ele conseguiu voltar à forma humana.
A parte do romance deles é linda e pela descrição da autora o mocinho é maravilhoso. Adoro quando Kelsey fica deslumbrada por “aquele peitoral magnífico”.
Além de a leitura ser “leve” o leitor fica deslumbrado com as cenas de ação, pois é como se fossemos transportados para um dos filmes de Indiana Jones, e as cenas de comédia também estão presentes a cada capítulo e são muito engraçadas, como a cena em ela descobre que a sela esta aberta (só depois descobrimos que foi o tigre que se transformou em homem e saiu para fazer uma ligação).
A verdadeira historia só inicia quando eles vão para a Índia e lá Kelsey descobre que “seu” tigrinho é na verdade um príncipe amaldiçoado. Pessoal, à primeira vez em que ele se transformou em Humano foi muito divertida (só lendo para entender a confusão que aconteceu). A maior parte do livro acontece na selva, para desespero de nossa heroína que deixa bem claro seu aborrecimento.
– Ren, por que sempre preciso segui-lo para o meio da mata? Que tal da próxima vez você me guiar até um belo SPA ou quem sabe uma praia? O que me diz?
Ele fungou e continuou andando.
 – Está certo. Mas você me deve uma depois dessa.
 Caminhamos pelo restante da tarde.
(Página 156)
Ren é o sonho de qualquer garota, educado, charmoso, romântico etc. Como todo mocinho também é ciumento (principalmente quando seu atraente irmão entra em cena) e pelo fato de passar mais tempo como tigre branco do que como homem, faz com que ele sinta ciúmes de si mesmo (ele acha que ela gosta mais dele como tigre do que como humano).
Como todos sabem, leitura é cultura e em A Maldição do Tigre aprendemos sobre autores clássicos, como William Blake e Shakespeare, e sobre filmes como “E o vento levou” e “Romeu e Julieta”, sobre mitologia, deuses Indianos e sobre seus rituais.
Para meu desespero, esta série é composta por quatro livros. O título provisório do segundo volume é: O Resgate do Tigre, que será lançado em 2012. A boa noticia é que o livro será adaptado para o cinema e já esta sendo produzido pela Paramount Pictures, mas ainda não tem data de estréia.
Resumindo, para quem gosta de uma literatura que apresente romance, aventura, deuses mitológicos, profecias e maldições e, é claro, um lindo príncipe encantado, o livro vai ser um “prato cheio”.

Quem é a escritora?


Colleen Houck é uma leitora nata, apaixonada por ação romance e aventura. Após se formar no Rick’s College foi para a universidade do Arizona e abandonou a faculdade para se juntar a uma missão religiosa na qual conheceu seu marido. Vive atualmente em Oregon com o Marido e seu gigante tigre branco de pelúcia.
BOOKTRAILER


Entrevista da Escritora falando do livro:


PS: Então é isso espero que tenham curtido a nova colunista do Noites Malditas. Eu adorei!

Beijos Malditos! Susana!

Comentários são para a Tamires, OK!


Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©