quinta-feira, 10 de abril de 2014

Resenha Refém da Obsessão por Tamires

     



 

Havia uma parte em Lanny que queria ser punida. Um pedaço de seu coração que acreditava que ela merecia o horror de ser imortal, a tristeza de ver todos aqueles que amara partirem, enquanto ela só podia conviver com as perdas e as lembranças. Terríveis e solitárias lembranças. Este “dom”, oferecido pelo mais malvado dos homens, Adair, era, para ela, a resposta a uma pena que ela deveria cumprir. Mas, apesar das culpas e do castigo que pensava merecer, ela ainda sonhava. E esperava ser redimida por ter dado a Jonathan — seu grande amor — o esquecimento que purifica todo ser de sua dor: a morte. No entanto, bem no fundo de sua alma, ela suspeitava que, fosse o que fosse que a atraísse para Adair (e para sua maldade), fosse qual fosse o infeliz sentimento que os aproximara, este sentimento não fora totalmente exorcizado. Não importava que ela tivesse chegado ao cúmulo de emparedar aquele homem mau e deixá-lo para apodrecer, não importava que o tempo tivesse passado, nem que, hoje, ela pudesse contar com o apoio e os braços fortes e acolhedores de Luke... Adair estava por perto, ela podia senti-lo, e seu poder era inexorável. “Este é o segundo livro da trilogia de Alma Katsu, que começou com o bem recebido Ladrão de Almas. Esta sequência mantém-se fiel ao primeiro título da autora...” SKOOB




    Passaram-se três meses após a fuga de Lannore e Luke. Os sentimentos de Luke por Lannore estão cada vez mais fortes. Lannore também esta se libertando do seu passado e da sua antiga obsessão e aos poucos está cada vez mais consciente de Luke .
    Como nem tudo é perfeito eis que surge aquele que se diz o dono da sua alma, Adair . Depois de permanecer preso durante 200 anos ele acorda em um mundo novo com um único objetivo em mente, encontrar Lannore e se vingar. Quando ela sente sua conexão com Adair voltar ela sabe que deve fugir,  pois o conhece muito bem, e sabe que ele virá atrás dela.  Até aqui a história estava fluindo tranquilamente,  mas a partir daqui os sentimentos de  Lannore com relação a Adair voltam a serem confusos e a única certeza que o leitor tem é do medo que ela sente dele.
    Lannore e Luke embarcam numa viagem a procura de feitiços que sejam capazes de detê-lo
     Achei muito interessante este livro, pois o leitor pode entender o que se passa na cabeça de Adair e comprovar que até os psicopatas tem sentimentos. É fantástico descobrir o quanto os sentimentos dele por Lanny se transformam e o transformam. Quando ele a encontra e a captura achei que seria o fim dela,  mas não, foi ai que o livro teve uma surpreendente virada e descobrimos o lado humano dele .
    Sem duvidas o destaque do livro foi ele, pessoalmente não sou muito fã dos vilões, mas este conseguiu me conquistar, pois seu personagem é tão complexo, em uns momentos ele é  cruel e implacável,  mas em outros  ele é sensível, apaixonado e do meu ponto de vista ele está perdido,  pois sabe que para tê-la não pode continuar a ser como é, mas também não gosta da ideia de mudar seu jeito de ser.
 


Adair amava Lanore e também a odiava, mas era incapaz de se vingar dela, estava cada vez mais determinado a encontrá-la. Seu amor por ela era sublime e também uma maldição cruel, corria em suas veias como uma infecção. Não precisava de mais provas para saber que estava condenado, incapaz de ser redimido e amaldiçoado, e que não havia nada que pudesse fazer sobre isso. Pag. 154



    O modo como a autora entrelaçou o passado e o presente foi incrível e ela conseguiu fazer isso sem cansar o leitor pois conhecendo o passado foi possível entender mais sobre os personagens. Confesso que não fui uma grande fã do vl. 1 , já o vl. 2 eu adorei e estou na expectativa pelo próximo.





Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©