quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Resenha Pão da Amizade

Olá pessoal.
Eu fui uma das 50 classificadas para ler em primeira mão o Livro pão da amizade e participar de um concurso cultural, infelizmente não fui uma das 30 que ganhou um kit, mas vou publicar aqui minha resenha do livro, espero que vocês leiam e gostem!



Sinopse - O pão da amizade - Darien Gee

Um presente anônimo conduz uma mulher a uma jornada que ela jamais poderia imaginar. Certa tarde, Julia Evarts e Gracie, sua filha de cinco anos, chegam em casa e encontram um presente na varanda da frente: um pão da amizade com o simples bilhete "espero que você goste". Junto, há um pacote de farinha, instruções de como fazer o pão e um pedido para que ele seja compartilhado com outras pessoas. Ainda abalada pela tragedia que a distanciou da irma, antes sua melhor amiga, Julia continua perdida quanto aos rumos de sua vida. Ela jogaria fora o presente anonimo, mas, para alegrar Gracie, concorda em assar o pão. Quando Julia conhece duas recem-chegadas a pequena cidade de Avalon, Illinois, ela desencadeia uma ligaçao ao oferecer a elas uma parte da massa. A viuva MAdeline Davis esta trabalhando para manter aberto o seu salao de chá, enquanto a famosa violoncelista Hannah Wang de Brisay esta numa encruzilhada, com o fim da carreira e o do casamento. Na cozinha do salao de chá de Madeline, as tres mulheres firmam uma amizade que mudará suas vidas para sempre. Nao demora para que todos em Avalon estejam assando o pao em suas cozinhas. Mas este momento feliz e as novas amizades tambem apresentam um novo desafio: a necessidade de reencontrar a irma e lidar com uma situaçao que ela preferia esquecer. O pao da amizade conta uma historia espiritual e comovente sobre vida, amizade, dores e dificuldades, comida e familia, mas tambem sobre a necessidade de mantermos acesa a esperança.
( sinopse retirada do Skoob http://www.skoob.com.br/livro/174642)


Minhas impressões A história conta os “dramas” vividos por Julia Evarts; Hanna Wang de Brisay e Madeline Davis. Julia perdeu um filho e, apesar de ter passado muito tempo, ainda não consegue voltar a se relacionar com seu marido e com o mundo; Hannah foi abandonada pelo marido após desenvolver um problema nas costas que a impede de tocar violoncelo e, com isso, seguir sua brilhante carreira musical; e, Madeline é uma viúva que carrega o peso de não ter sido uma boa madrasta para seu enteado e, por isso, resolve deixar sua casa e acaba se encantando pela pequena cidade de Avallon, onde compra uma antiga hospedaria e a transforma em uma casa de chás que não estava dando muito certo.
Quando elas se encontram e começam a repassar o pão da amizade tudo muda. E, após um desastre natural, a solidariedade acaba dominando os sentimentos das pessoas da cidade.
Minha opinião sobre a história, O Pão da Amizade é um livro muito envolvente e bonito que fala sobre amizade, solidariedade e amor acima de tudo, de uma forma bem envolvente que insita o leitor a ler o mais rápido possível e descobrir o final.
A narrativa de Darien Gee é bem construída de um modo que envolve o leitor a seguir lendo e descobrir o que vai acontecer ou, ainda, ter uma idéia e depois perceber que essa era totalmente equivocada. Usando um vocabulário de fácil compreensão ela consegue construir uma trama envolvendo suas três mulheres principais e seus problemas, dramas e sentimentos de uma forma leve usando o pão da amizade como pano de fundo e elo de todas as tramas apresentadas na história.
As personagens são humanas, de forma que nos identificamos com alguma delas (ou com todas) em determinados aspectos. O livro faz o leitor refletir sobre a sua própria vida e os caminhos que deixamos de tomar (ou tomamos) e acreditamos nos fazer infelizes. Mostra-nos o valor dos pequenos momentos.
Agora é só pegar as suas sacolas de zip loc e aproveitar pois as receitas estão todas no livro! 

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©