segunda-feira, 5 de março de 2012

Resenha Amante Sombrio

Nas sombras da noite, em Caldwell (Nova Iorque) se desenrola uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos. A Irmandade e seus caçadores e os assassinos. E existe uma Irmandade Secreta de seis vampiros guerreiros, os defensores de toda a sua raça. Nenhum deles deseja aniquilar a seus inimigos com tanta ânsia como Wrath, o campeão da Irmandade da Adaga Negra. Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita toda a noite, envolto nas sombras. Suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e a fascinam... E seu simples toque provoca chispas de um fogo que pode acabar consumindo a ambos. SKOOB




Essa é uma saga que eu sou simplesmente DOIDA, e que conheci no ano passado e desde então eu ADORO ler os livros e rele-los.
Inicio falando de primeiro livro: Amante Sombrio. Nessa obra conhecemos o universo da irmandade da adaga negra, um grupo de vampiros fisicamente mais evoluídos que os outros, protegendo a humanidade e a sua própria raça dos Redutores (humanos que tem seus corações arrancados e parte da ama de Omega, o vilão, neles) Wrath é o líder da Irmandade e “rei” da raça, apesar de não aceitar esse papel.
Nosso Vampiro é um homem solitário e gosta de sua solidão, mas quando seu amigo Darius morre, porém antes de morrer pede a Wrath que ajude sua filha, Beth, que não sabe quem é e está prestes a entrar na vida vampiresca, Wrath acaba se sentindo responsável pela moça e não demora um minuto para se envolver emocionalmente e sexualmente com a moça.
Beth é uma jornalista que ficou órfã de mãe  e não sabe quem é seu pai e nem que é uma meio vampira. Ela tem muitas relações com policiais, que conseguem informações, mas eles não preenchem um lugar vazio no coração dessa mulher forte e decidida. Mas tudo muda para ela ao conhecer Wrath, um homem grande e fogoso que entra em sua vida e a enche de mistérios e sensualidade, claro que com uma grane pitada de perigo.
O livro é dividido em duas partes intercaladas, um capítulo fala da relação entre Wrath e Beth e no seguinte é abordada a sociedade redutora e os planos para acabar com os vampiros e assim sucessivamente o livro todo. A história é narrada em terceira pessoa e de forma sensual e envolvente e no livro conhecemos o restante da irmandade e nos apaixonamos pelo restante dos guerreiros que vão ser apresentado mais  profundamente durante a saga.
Esse livro é muito recomendado por essa blogeira que vos escreve  porque sou apaixonada por essa saga e estou cuidando para não estragar esse livro que é simplesmente INCRIVEL. Então eu recomendo que leiam essa obra, vocês não vão se arrepender de conhecer o Wrath.

Mais sobre a Autora:

J. R. Ward vive no Sul dos Estados Unidos com o seu marido incrivelmente generoso e o seu amado golden retriever. Depois de se ter formado em Direito, começou a sua vida profissional na área da saúde, em Boston, tendo passado muitos anos como chefe de equipa de um dos centros clínicos do país. A escrita foi sempre a sua paixão, e a sua ideia de Céu é um dia inteiro com mais nada além do seu computador, o seu cão, e a caneca de café. Site da Autora: http://jrward.com/

Beijos Malditos
Susana Weiss

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©