domingo, 4 de março de 2012

Resenha de Para Sempre


A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava. SKOOB

Em 2004 foram realizados 889.828 casamentos no civil e 162.244 divórcios no mesmo período, o numero de casamentos foi 5,5% maiores que o ano anterior e o número de divórcios foi 7,3% maiores que o do ano anterior, esses são dados do IBGE do ano de 2004. Eu não achei dados mais atuais, mas inicio essa resenha colocando esses dados porque acredito que eles formam um paralelo com esse livro.


Para Sempre conta a historia de Kim e Krickitt Carpenter: eles se conheceram numa transação de venda via telefone e desde aquele momento se apaixonaram perdidamente, uma paixão tão avassaladora que em pouco tempo estavam casados. Uma linda história de amor por si só, mas em uma viagem no feriado de ação de graças eles sofrem um terrível acidente de carro, Kim fica muito ferido e Krickitt sofre uma Lesão cerebral grave e, após milagrosamente não morrer, precisa de muita terapia física e mental para superar isso. Seria muito bonito igual ele ficou do lado dela e tudo mais, só que tem outro, porém:


Ela não se lembra dele e nem que é casada.


Esse seria o belo pretexto para Kim entrar nas estatísticas e se divorciar, quem não  faria isso?


ELE não o faria e não o fez, muito antes pelo contrário fez de tudo para tê-la novamente a seu lado como a esposa que jurou amar e honrar a te a morte.


Esse é o enredo de Para sempre, o novo lançamento da editora Novo Conceito; a história é romântica, tocante e muito bonita. Kim soube narrá-la com preciosismo e muito emoção. O livro inicia em como eles se conheceram, passando pelo casamento, o acidente a recuperação, como ele aprendeu a viver com a nova mulher que Krickitt havia se tornando e sobre tudo como eles venceram tudo usando o amor e a fé inabalável que ambos possuem.


Em breve teremos nos cinemas o Filme baseado nesse livro e confesso que estou doida para ver. O casal queria passar ao máximo possível de pessoas sua história e conseguiu brilhantemente. Hoje o mundo conhece esse casal e sua jornada rumo à felicidade. A história é envolvente e a gente só consegue largar o livro após terminar de lê-lo.


Por isso fica a dica de ler Para Sempre e depois ver o filme para vocês poderem se emocionar duplamente com essa linda história de amor de um homem por uma mulher. 




Beijos Malditos,


Susana 

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©