domingo, 12 de fevereiro de 2012

Resenha Beijos de Vampiro


Olá pessoal!
Hoje quero falar sobre vocês de um livro que foi amor a primeira lida e acabei lendo eles algumas vezes.

Novos moradores sempre causam impacto quando chegam a uma cidade pequena. Ainda mais se vão morar em uma velha mansão abandonada, que todos juram ser mal-assombrada. Quem são, ou melhor, o que são eles? Poderiam ser vampiros? Raven, uma garota de 16 anos, louca pelas criaturas das trevas, gostaria muito que isso fosse verdade. E ela gostaria de saber o que poderia acontecer caso o lindíssimo filho dos forasteiros a beijasse. SKOOB





Eu sou super suspeita para falar da obra da Ellen porque a acho super gracinha como pessoa sempre foi MEGA atenciosa comigo.
Essa é a primeira parte de oito livros publicados e o nono livro com data de lançamento para Maio de 2012. Em Beijos de Vampiro, conhecemos Raven, uma adolescente gótica que vive em uma cidade que ela apelida de Tédiolandia (Dullsville no original), onde como vocês podem acreditar, nada de especial acontece e ela, como uma garota gótica, é discriminada em uma cidade de perfeitinhos a moda família do comercial de margarina. Nossa heroína tem dois hábitos: ir a cemitérios e ir a uma mansão gótica abandonada em sua cidade. Tudo ia ao maior marasmo de sempre até um dia ela descobrir que sua mansão gótica favorita estava ocupada, por um lindo adolescente gótico de hábitos noturnos, Alexander Sterling, vindo direto da Romênia e cheio de hábitos noturnos e visitas furtivas ao cemitério.
Uma relação cheia de paixão adolescente é despertada logo no primeiro encontro do casal. Bem, eu sei que não falei da Nemesis de Raven, um garoto do time de futebol que é o garanhão e ama Raven secretamente, mas falo agora. Ele é o garoto supra-sumo, malhadinho, dono de meia cidade, que se acha e que tem quase todas as garotas a seus pés, menos a que ele quer: Raven. Ele vai fazer de tudo para atrapalhar o amor noturno.

O livro é um romance juvenil e, como tal, é muito bem articulado e escrito. Raven é uma garota cheia de personalidade e que não leva desaforos para casa, mas não ela não é do tipo que briga (apenas é do tipo que se ouve A responde B), e o fato dela não ser dependente de seu amor e não precisar de proteção a torna Vampire Kisses uma série muito interessante. O livro deixa a gente ansiosa pelo segundo que, ainda bem, já foi lançado pela editora, e apenas nos introduz ao mundo de vampiros que não tem reflexo e viram morcegos.
Vale à pena ler a série e também, assim como Raven, se apaixonar pelo doce gentil e carinhoso Alexander Sterling.
Beijos Malditos
Susana Weiss

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©