quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Branca de Neve e o Caçador: Filme e Livro - por Tamires



Sinopse (livro):
Uma nova visão de tirar o fôlego de um conto lendário. Branca de Neve é a única pessoa na terra mais justa do que a Rainha má que pretende destruí-la. Mas o que a perversa Rainha nunca imaginou é que a jovem que ameaça seu reinado vem treinando na arte da guerra com um caçador que foi enviado para matá-la. [SKOOB]


Durante toda minha infância escutei histórias e vi filmes sobre os clássicos como “A Branca de Neve”, “Alice no País das Maravilhas”, “A Bela e a Fera” e vários outros. Pessoalmente, nunca fui fã da Branca de Neve, sempre achei a história fraquinha e sem ação, mas depois de ver o filme “A Branca de Neve e o Caçador” mudei meu conceito. 

O filme é ‘super bem’ feito, as paisagens são lindas (principalmente a parte da floresta): é como se fosse uma mistura de “As Crônicas de Nárnia” com “Avatar”. A trilha sonora do filme também esta fabulosa.

Sobre os personagens:

Vamos iniciar pelo fabuloso Caçador Eric (Chris Hemsworth, de “Os Vingadores” e “A Cabana na Floresta”).

Quem precisa de um príncipe quando se tem um Caçador destes?

Eric é o Caçador encarregado por Ravenna (Charlize Theron, de “Prometheus” e “Jovens Adultos”) de encontrar Branca de Neve (Kristen Stewart, de “Na Estrada” e “Crepúsculo”), que fugiu para a floresta proibida. Se Eric conseguir capturá-la, Ravenna prometeu trazer sua falecida esposa de volta a vida. Quando chega o momento e Eric descobre que tudo é uma mentira, ele decide desfazer o trato e ajudar Branca de neve. Ele é um exímio lutador e está decidido a protegr Branca de Neve.  O espectador percebe que rolou um clima entre eles, mas no filme em si nada acontece além do beijo, pois é claro que ela não despertou com o beijo do filho do duque, William (Sam Claflin de “Piratas do Caribe 4”) — que no filme seria o mais perto de um príncipe —, e sim com o beijo do nosso querido Caçador. 

A Rainha Ravenna é muito esperta: tramou um plano para o rei viúvo cair de amores por ela e daí, na noite de núpcias, o matou; pegou sua enteada, que na época era só uma linda menininha, e a jogou na masmorra. Mas um dia, quando perguntou ao oráculo se existia alguém mais bela do que ela, este respondeu que “naquele dia outra se tornava mulher e consequentemente mais bela do que ela”. A mulher enlouqueceu, ainda mais quando ele disse que somente o sangue da mais bela podia destruí-la. Então a rainha mandou que arrancassem o coração de Branca de Neve. A rainha roubou a cena em várias partes, pois até hoje esta foi a melhor rainha má que eu já vi: ela é ‘estilosa’, cruel, obstinada e com muito sangue frio nas veias. Com certeza Charlize soube dar vida ao papel. 

William, exímio arqueiro e um amigo da infância da Branca de Neve, é filho do duque e estava presente na noite em que Ravenna matou o rei e tomou o palácio. Sua maior tristeza é não ter conseguido salvar branca de neve naquela noite e, quando descobre que ela esta viva, vai atrás dela no mesmo instante. É um bom rapaz, valente, leal e bonito; mas perto de Eric, fica completamente ofuscado (foi o que eu achei). Depois que branca de neve mordeu a maçã, o coitadinho bem que tentou e deu um beijo nela, mas não rolou e ela não acordou. É um personagem importante e ajudou muito no filme, pois após a “morte” da Branca de Neve, foi ele que a levou pra casa e também é um dos primeiros a se juntar a ela para atacar o castelo.   

Branca de Neve definitivamente não é como as outras princesas que estamos acostumados a ver (comportada e frágil), possui um bom coração, mas está decidida a lutar e matar Ravenna para recuperar seu reino. Pessoalmente achei a atuação da Kristen Stewart muito fraquinha para assumir este papel (ela é ‘sem sal’, se é que vocês me entendem): sua atuação é sempre igual e não sabe fazer uma expressão diferente, parecendo que ela esta sempre com dor.

Enfim, o filme é ótimo cheio de cenas de aventura e os meninos podem assistir sim, pois romance é o que menos tem.

Não sei se foi o fato de ter assistido primeiro ao filme que me levou a ter grandes expectativas quanto ao livro, mas a verdade é que fiquei um pouco decepcionada quando o li: os trechos foram muito espichados. Já quando se tratou de caracterizá-lo, as palavras foram economizadas. É claro que houve cenas do filme, quando ela e o Caçador estavam na floresta, que foi muito melhor no livro. Então meu conselho é: leiam o livro e vejam o filme, pois os dois juntos se completam.




Beijos,
Tamires


Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©