segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Resenha de Starters

Oi
Pessoal, esotu voltando ao trabalho na UFRGS, mas deixei algumas resenhas para vocês irem se divertindo.


Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado... SKOOB

Os EUA estão isolados devido à guerra de esporos e a estranha doença que ela causou que dizimou todos os adultos jovens (os habitantes entre 20 e 60 anos).

Nesse estranho mundo, as crianças, Starters, precisam se virar para sobreviver como nômades, invadindo construções e, muitas vezes, roubando para sobreviver, enquanto os idosos, que sobreviveram a essa guerra, possuem toda a riqueza norte americana e tecnologia para ultrapassar os 200 anos de vida. Mas estes são não possuem uma coisa: a juventude.

Então foi criada uma empresa “clandestina” com a seguinte finalidade: contratar essas crianças sem rumo, dar-lhes todos os tratamentos de beleza existentes para que tenham a beleza perfeita e alugar seus corpos para que os velhos possam usar seus recursos em corpos jovens por alguns períodos e se divertirem com eles. Essa é a Prime Destinations.

Com essa trama, somos apresentados a essa distopia e a personagem Callie. Ela tem 16 anos, um irmão de 7 anos doente e nenhuma perspectiva. Quando é apresentada a Prime Destinations, vê nessa empresa a forma de tirar seu irmão dos prédios abandonados e lhe comprar remédios. Tudo ia bem, até que ela acorda e descobre que caiu de pára-quedas em uma trama de conspirações, abusos e a possibilidade mais cruel de todas: a de nunca mais ser ela mesma.

Para quem gosta, também tem um lindo romance entre a nossa mocinha e um garoto, que ela conhece enquanto é alugada, que é doce e inocente, mas pode virar maligno e malicioso e depois voltar a doce inocência inicial.

O livro é apaixonante (eu consegui lê-lo em três dias apenas), a trama é envolvente e Callie é esperta e muito inteligente, o que nos faz torcer para ela do inicio ao final. O livro mostra como seria um mundo onde crianças são vistas como marginais por velhos preconceituosos e egoístas que, ao invés de ajudar os órfãos, os internam em instituições, que fazem as cadeias parecerem lugares bons para se viver, e usam o trabalho escravo de crianças sem a menor consideração.

Estou mega curiosa pelos outros livros da série, para entender como a história vai se desenrolar. Não quero estragar as surpresas desse livro, mas garanto uma leitura emocionante, pois é envolvente, inteligente e muito sensível. Indico fortemente a leitura dessa distopia e espero ansiosamente pelos próximos volumes.

E essa é a continuação e espero que a Novo Conceito lance o mais rápido possível, se chama Enders e promete ser bem melhor que o  primeiro, confiram que linda a capa.

Beijos
Susana

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©