quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Resenha de “Olhos da Noite” por Susana


Beijos ardentes. Segredos sensuais. Paixões eternas.

O Visitante Misterioso - Ronda Thompson
Lady Anne Baldwin anseia por libertar-se das regras sociais às quais é obrigada a se submeter e saborear a experiência de viver aventuras e emoções. Ao conhecer o misterioso Merrick e ver-se atraída pelo homem solitário e proibido, cujos olhos brilham como os de um lobo, talvez ela tenha encontrado mais do que aquilo pelo que barganhou...

O Chamado - L.A. Banks
Sonhos sombrios assombram o artista José Ciponte, sonhos com uma mulher tão linda que o faz arder de desejo e com um inimigo mortal que os espreita nas sombras da noite. E quando sua realidade é subitamente alterada, ele se vê envolvido em uma trama de paixão ardente e perigos... SKOOB


Um dia desses, estava em um momento de estresse e, por isso, fui procurar um livro leve para ler quando sorteie esse título: “Olhos da Noite”, que é um livrinho de banca que contem dois contos.

A primeira História chama-se “O estranho visitante” e fala sobre Lady Anne, uma moça linda, inteligente, beirando a perfeição em forma de mulher refinada; próxima de completar seus 21 anos, encontra-se orfã vivendo com tios. Mesmo tendo todos esses atributos, o fato de com tão tardia idade não ter aparecido nenhum pretendente ou flerte a faz sentir-se feia e desinteressante, mas tudo muda na vida dela quando, ao decidir cometer sua primeira travessura (andar a cavalo no meio da noite), depara-se com um estranho.

Merrick é um bastardo, sem família, sem sobrenome, sem posses, com um único dom e amor: cuidar de cavalos, torna-los campeões e isso o fez “famoso” entre os criadores de cavalos de toda a região. Entre as mulheres, sua fama também corre solta, pois ele é um mulherengo e viril cocheiro, o sonho das senhoras ditas “recatadas” e o pesadelo dos senhores. Como todo o mocinho desse tipo de literatura, não preciso dizer que ele é másculo, viril, lindo, sedutor e outras coisas e, assim como todo o mocinho desse tipo de literatura, ele tem um problema, ou melhor, uma maldição que nem ao menos ele sabe que possui.

O conto é narrado em primeira pessoa, no ponto de vista dela. O casal é intenso desde o primeiro encontro e, por isso, o conto é intenso desde o primeiro capitulo, e muito envolvente. A leitura é rápida, como toda a leitura desses livros hot de banca são, mas então, ao lermos, notamos que ele se trata de uma Spin off da saga dos “Irmãos Wulf”. Então acho que podem imaginar como é a descrição e a aparência de nosso Mocinho.

Ele a ajuda em sua paixão, os cavalos, e ela ajuda a liberta-lo de seus demônios. Não vou comentar muito mais ou vai estragar a leitura!


A segunda história fala de José, um artista que é mal-interpretado por sua mãe, que o considera um vagabundo sem futuro; e Juanita, uma moça que queria estudar, mas abre mão disso para ajudar a mãe e ainda é julgada e espancada por essa mulher. Ambos se conhecem quando ele está em apuros com a policia e eles terminam atacados por demônios e precisam fugir juntos. A atração, obviamente, é instantânea.

 
O conto é bem escrito, narrativa envolvente como todos os outros livros desse estilo, fácil e rápido de ler; possui um certo mistério e segredos, a história é bem legal, pena que, por ser curta, parece que foi cortada.

Então é isso, indico esse livrinho e fico triste pela Nova Cultural ter parado de publicar esses livrinhos em plena onda do erótico (considero isso um “tiro no pé”), mas espero que a editora perceba isso logo e retorne com suas publicações.

Layout exclusivo do blog - Noites Malditas | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©